Outras Leituras

Colega veja só:

Gerenciamento digital
3/3/2009

Agência FAPESP – O Sistema de Bibliotecas da Universidade Estadual de
Campinas (SBU/Unicamp) liberou o acesso do novo software de
gerenciamento de seu acervo.

A substituição do software norte-americano Virtua pelo programa nacional
Sophia representará, segundo a universidade, economia de recursos, além
de oferecer uma interface mais amigável para busca dos materiais
bibliográficos dos acervos das 25 bibliotecas do sistema.

Entre as facilidades com a implantação do novo software está o acesso
simultâneo à base Acervus, composto por mais de 700 mil livros, 16 mil
títulos de periódicos, 60 mil teses e dissertações, além de outros tipos
de materiais como partituras, CD-ROM, vídeos, microfilmes e microfichas.

No software anterior havia restrição de 128 usuários simultâneos à base
Acervus. O Sophia permite até 500 conexões simultâneas na estrutura
cliente/servidor e acesso web ilimitado, com 50 novas conexões
simultâneas por segundo.

O processo de substituição do software foi iniciado em dezembro de 2008,
quando teve inicio a fase de migração de mais de 1,2 milhão de itens que
compõem a nova base de dados.

O novo software fornece ainda outros serviços como o controle integrado
de guarda-volumes nas bibliotecas e, em breve, oferecerá o acesso de
serviços como a disseminação seletiva da informação (serviço de alerta
que informa automaticamente a chegada de um livro do interesse do
usuário que estiver cadastrado) e serviço de indicação de novos títulos
para aquisição.

Mais informações: www.unicamp.br/bc

Comentário de Ursula Blattmann: mudanças significativas ocorrem na gestão das bibliotecas desde a escolha do software ou até mesmo a troca. Lembrem que no caso provavelmente haverá treinamento dos recursos humanos pois eles são fundamentais para uso do software. No nosso caso as demonstrações realizadas pela colega bibliotecária Raquel Cardenuto ( CEFET) possibilita o olhar de vnaguarda do uso em SC pela rede de bibliotecas CEFET.


Tue, 10 Apr 2007 12:25:32 -0300
De: Sigrid Karin Weiss Dutra <rb.csfu.ub|dirgis#rb.csfu.ub|dirgis>
Para: moc.spuorgelgoog|csbca#moc.spuorgelgoog|csbca
Reponder-para: moc.spuorgelgoog|csbca#moc.spuorgelgoog|csbca
Assunto: [acb] IBICT Contrata

Ibict seleciona candidatos para preenchimento de vagas

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA – MCT INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM
CIÊNCIA E TECNOLOGIA – IBICT

1º PROCESSO SELETIVO 2007

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL – PCI

O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA – IBICT, Unidade de
Pesquisa – UP integrante da estrutura do Ministério da Ciência e Tecnologia
–MCT, torna pública a abertura de inscrições para a realização de processo
seletivo destinado a candidatos a bolsas no âmbito do Programa de Capacitação
Institucional / PCI do IBICT, nas áreas de ciência da computação,
biblioteconomia, ciência da informação e áreas correlatas.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO:

De 09 a 20 de Abril de 2007.

LOCAL DE INSCRIÇÃO:

Portaria do IBICT – SAS, Quadra 05, Lote 06, Bloco “H” CEP: 70070-912, Brasília
– DF

Telefone para informações: (61) 3217-6101

E-mail: rb.tcibi|nossyla#rb.tcibi|nossyla

No ato de entrega dos documentos, o candidato deverá, obrigatoriamente, assinar
e rubricar o Documento de Recepção.

DA MODALIDADE DE BOLSA: Desenvolvimento Tecnológico IndustriaL/DTI: destinada a
possibilitar o desenvolvimento de atividades de pesquisa, por meio de agregação
temporária de profissionais sem vínculo empregatício, necessários à execução do
projeto, com duração de até 24 meses.

DOCUMENTOS EXIGIDOS:

Curriculum Vitae com as seguintes informações:
Dados Pessoais (nome completo, endereço completo com CEP,CPF, RG);
Contato (e-mail, telefone celular e/ou fixo)
Formação Acadêmica Detalhada.
Nome do Curso, Instituição de formação, Período, Cidade.
Formação Profissional Detalhada.
Instituição / Empresa, Função ou cargo ocupado, Período em que trabalhou.

Se o candidato possuir artigos técnicos e/ou científicos publicados em
periódicos especializados nacionais e internacionais, jornais, revistas,
boletins entre outros, livros ou capítulos publicados, Teses orientadas,
comunicações em congressos, seminários nacionais e internacionais, patentes
obtidas, filmes, vídeos, audiovisuais realizados, deverá fazer menção no
currículo.

Idiomas – Fluência.
Cópia da carteira de identidade e CPF;
1 fotografia 3X4;
Cópia de Diplomas e Certificados;

Identificação no envelope do Tema de Pesquisa (Tema 1, 2, 3….) e Perfil (1.1,
1.2…) de acordo com o ANEXO 1.

REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO:

Não ter vínculo empregatício;
Dedicar-se integralmente às atividades de pesquisa;
Ter formação acadêmica adequada ao tema de pesquisa pretendido;
Não ser aposentado pelo IBICT;

Entregar todos os documentos exigidos, identificando no envelope o Tema de
Pesquisa (Tema 1, 2, 3….) e perfil (1.1, 1.2…) de acordo com o ANEXO 1;

Em caso de insuficiência de candidatos inscritos para determinado Tema ou de
acordo com o interesse da instituição, o IBICT poderá proceder redirecionamento
de inscrições de um tema para outro desde que os perfis sejam similares.

CRITÉRIOS DE JULGAMENTO:

O julgamento será composto de avaliação do currículo do candidato, realizado
pela Comissão de Seleção do PCI/IBICT, e de entrevista.

Os casos omissos serão decididos pela Comissão de Seleção do PCI/IBICT, através
de votação.

Os candidatos à bolsa selecionados pela Comissão de Seleção do PCI/IBICT serão
submetidos, ainda, à Comissão de Enquadramento do Ministério da Ciência e
Tecnologia.

O resultado final será divulgado no site do IBICT.

ANEXO 1

TEMAS DE PESQUISA

Tema 1: Ferramenta automatizada para a criação de Bibliotecas Virtuais Temáticas
utilizando padrões de Arquivos Abertos.

PERFIS:
1.2 Formação em Ciência da Computação (2 vagas):
Conhecimentos de SGBD (Postgresql)
Conhecimentos de lógica e programação em linguagens tais como: PHP e JAVA.
Tema 2: Tecnologia para a construção de servidores dedicados à comunicação
científica.
PERFIS:
2.2 Formação em Ciência da Computação ou Especialização em Análise de Sistemas
(1 vaga):
Experiência em construção de bancos de dados:
Conhecimentos do sistema operacional Linux;
Conhecimentos da linguagem PHP e do SGBD MySql.
2.3 Formação em Ciência da Computação (1 vaga):
Conhecimentos do sistema operacional Linux;
Conhecimentos das linguagens PHP, JAVA, C++;
Conhecimentos do SGBD MySql.
Tema 03: Desenvolvimento de metodologia automatizada para construção e
gerenciamento de tesauro.
PERFIS:
3.1 Formação em biblioteconomia ou Ciência da Informação (2 vagas):
Experiência em construção de tesauros;
Conhecimentos da teoria de análise de assuntos;
Tema 04: Estrutura de Informação para Armazenamento de Dados de ACV.
PERFIL:
4.1 Formação em Ciência da Computação, Informática, Engenharia ou área correlata
(1 Vaga):
Experiência em desenvolvimento de sistemas de informação;
Experiência em construção de bancos de dados;
Experiência em desenvolvimento de software “open source”, ambiente Operacional
Linux;
Desenvolvimento em Java.
4.2 Formação em Biblioteconomia ou Ciência da Informação ou área correlata (1
Vaga):
Experiência em estruturação de bases de dados textuais e referenciais;
Conhecimentos de formatos e metadados;
Conhecimento em organização de informação utilizando modelagem conceitual,
ontologia, taxonomia;
Conhecimento do idioma inglês;
Conhecimento em arquitetura da informação, portais, comunidades.
Tema 05: Metodologia de análise de conteúdos de bases de dados contendo
informações não estruturadas para apoiar a geração de indicadores.
PERFIL:
5.1 Formação em Biblioteconomia ou Ciência da Informação (1 Vaga):
Conhecimentos de técnicas para tratamento de conteúdos de bases de dados;
Conhecimento de técnicas para extração e tratamento de indicadores.
5.2 Formação em Estatística (1 vaga):
Experiência em análise de dados para a geração de indicadores.
Tema 06: Aplicação de indicadores nos serviços de uso compartilhado de
informações em Ciência e Tecnologia.
PERFIL:
6.2 Formação em Ciência da Informação (2 Vagas):
Conhecimentos sobre coordenação de atividades de comutação bibliográfica;
Conhecimentos sobre publicações periódicas;
Conhecimentos básicos de estatística.
Tema 08: Metodologia para modernização do sistema de Instituições de C, T & I
utilizando padrões de Arquivos Abertos.
PERFIL:
8.1 Formação em Biblioteconomia ou Ciência da Informação (1 vaga):
Conhecimentos de arquitetura da informação e ambientes web;
Conhecimentos de informática.
8.2 Formação em Ciência da Computação ou áresa correlatas (1 vaga):
Conhecimentos de SGBD (MySQL, ORACLE e Postgres);
Conhecimentos de lógica e programação de linguagens tais como: PHP, C++, JAVA e
ASP.
Tema 09: Implantação de Plataforma de aprendizagem informacional e digital.
PERFIL:
9.1 Formação em Tecnologia em Programação de Computadores (1 vaga):
Experiência em desenvolvimento Javascript;
Experiência em Hibernate (Framework para persistência de objetos em banco de
dados);
Experiência em instalação e configuração do Linux e Unix FreeBSD;
Experiência em Jakarta Tomcat, Jboss;
Conhecimentos em sistemas gerenciadores de bancos de dados: ORACLE, FIREBIRD,
PostgreSQL;
Conhecimentos em Spring Framework, integrado com hibernate;
Experiência em Struts (Framework para implementação MVC);
Conhecimentos em XML;
Conhecimentos em Unified Modeling Language (UML), HTML, Javascript, DHTML.
9.2 Formação em Desenvolvimento de Websites (1 vaga):
Conhecimentos em Gestão Empresarial;
Experiência nas seguintes ferramentas: Dream Weaver, Flash, Front Page, Corel e
Photoshop;
Experiência em desenvolvimento de MySQL;
Habilidades em processamento de dados;
Experiência em editoração eletrônica;
Experiência em desenvolvimento de portais;
Habilidades em análise de sistemas.
9.3 Formação em qualquer nível superior (3 vagas):
Experiência em projetos de inclusão digital e social;
Habilidades de pesquisa em bases de dados.
Habilidades em atividades de Webdesign;
Domínio do idioma inglês
Experiência em Planejamento e Gestão.
9.4 Formação em Ciência da Computação ou área correlata (1 vaga):
Experiência em desenvolvimento de sistemas em software livre.

Assessoria de Comunicação Social
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Ibict


O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:

- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por
acaso, é uma história sobre mim?

A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:

- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.

O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.

- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!

- Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo.

"Primeira qualidade: você pode fazer grandes coisas, mas não deve
esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade".

"Segunda qualidade: de vez em quando eu preciso parar o que estou
escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um
pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar
algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor."

"Terceira qualidade: o lápis sempre permite que usemos uma borracha
para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa
que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça".

"Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira
ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto,
sempre cuide daquilo que acontece dentro de você."

"Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca.
Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida irá deixar
traços, e procure ser consciente de cada ação".

Recebido via e-mail : [Sonia Ferreira moc.liamg|fsainos#moc.liamg|fsainos]

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 License.